Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias Social > São Miguel realiza Caminhada de Conscientização no Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes
Início do conteúdo da página

São Miguel realiza Caminhada de Conscientização no Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

Publicado: Segunda, 20 de May de 2019, 12h21 | Última atualização em Segunda, 20 de May de 2019, 12h21 | Acessos: 48
imagem sem descrição.

O Conselho Tutelar de São Miguel em parceria com o CMDCA, Secretarias Municipais de Educação, Saúde, Assistência Social, CRAS, Policia Militar Escolas Municipais João XXIII, Bela Vista, João Pessoa e Peso Duro realizou  dia  17 de maio uma  caminhada  pelas ruas do povoado de Grota do Meio.

A caminhada foi realizada por causa do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado sábado, dia 18. Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos.

Com a repercussão do caso, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência.

A conselheira Tutelar Josely Dias, explico que além da prevenção, o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes falou da importância da denuncia para combate dessas pratica. Psicopedagoga Zeneide Ribeiro e Coordenadora da Atenção Básica Aline Abreu, falaram de forma sintonizada sobre assunto aos presentes.   

Estiveram presentes alunos de escolas da rede municipal, o presidente do CMDCA Raimundo Nonato, Capitão Calistene  da Policia Militar, a Secretaria de Educação Maria Rita Leal, as Assistentes Social Elisangela Matos e Renata Caldas      

As denúncias sobre violência sexual infantil devem ser feitas no Conselho Tutelar, delegacias especializadas, Cras, Creas, Polícias Militar, Federal ou Rodoviária. O Disque Denúncia Nacional é o número 100.  

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página